Secretamente...

quinta-feira, abril 20, 2006

E é amar-te, assim, perdidamente…

FlorBela Espanca "Ser Poeta"

Ser poeta é ser mais alto, é ser maior
Do que os homens! Morder como quem beija!
É ser mendigo e dar como quem seja
Rei do Reino de Aquém e de Além Dor!

É ter de mil desejos o esplendor
E não saber sequer que se deseja!
É ter cá dentro um astro que flameja,
É ter garras e asas de condor!

É ter fome, é ter sede de Infinito!
Por elmo, as manhãs de oiro e cetim…
É condensar o mundo num só grito!

E é amar-te, assim, perdidamente…
É seres alma e sangue e vida em mim
E dizê-lo cantando a toda a gente!

Deixo-vos um poema de Florbela Espanca que, na minha opinião, é simplesmente lindo!
Beijinhos a todos e espero que gostem!

4 Comments:

At 11:17 da tarde, Anonymous Bruno said...

Mais uma musica q diz mt a mt gente!

A verdadeira essencia de se amar e se verdadeiro com kem se ama!

E uma coisa é certa....eu amote bebe....e amote pa smp@@

 
At 1:00 da manhã, Blogger Cláu said...

=)

 
At 9:41 da manhã, Blogger online said...

Olá secretamente te encontrei...

O beijo

 
At 11:18 da tarde, Anonymous Anónimo said...

esta musica consegue descrever o que é ser poeta e, a mim, inspira-m muito para seguir em frente.

Amar e das melhores coisas do mundo e o poeta consegue transmitilo na folha de papel.

 

Enviar um comentário

<< Home